Como se preparar para uma reunião com um CEO?


Good day, Speaker! Como você está?

Épocas como as de agora costumam ser repletas de reuniões, entrevistas, eventos e conferências. Para muitos profissionais, são oportunidades de fazer networking e estreitar vínculos.

Se você vai se encontrar com um CEO – pelo motivo que for –, é importante seguir alguns passos para causar uma boa impressão e aproveitar melhor a conversa com este líder.

Siga a leitura até o fim e saiba do que estou falando! Vamos?

Networking: por que se preparar para um encontro com o CEO?

Você ainda tem alguma dúvida de que estamos vivendo em formato híbrido neste ano? Muitas de nossas ações continuam acontecendo no on-line e não são poucas as empresas que decidiram seguir assim no futuro.

Por isso mesmo, é ainda mais determinante saber aproveitar os encontros e eventos presenciais. Afinal, na presencialidade, são observados e julgados certos aspectos que nem sempre aparecem no digital.

Reunir com um CEO, da sua empresa ou de outras, pode ser uma probability de abrir caminhos profissionais, desde que você consiga aproveitar esses momentos e ser capaz de transmitir uma impressão positiva.

Listei 5 passos para isso. Confira!

1. Informe-se sobre o profissional

Quando você tem uma apresentação importante, é bem provável que se informe sobre o conteúdo, não é? Também é bem possível que queira informações sobre o público: quantos são, idade, escolaridade e o quanto sabem sobre o assunto central.

Bem, uma reunião com um CEO não é uma apresentação propriamente dita, mas é, sim, uma situação que pode interferir diretamente em sua trajetória profissional, mais ainda se for uma entrevista ou algo comparable.

Por essa razão, pesquise sobre a história do CEO, suas conquistas e áreas de afinidade. Tenha bagagem para conversas interessantes. Lembre-se de que você terá pouco tempo para estabelecer esse vínculo. Esteja pronto!

2. Informe-se sobre a empresa

Em uma conversa com um CEO – mesmo não sendo uma entrevista de emprego –, certamente a empresa será pauta de diálogo. Evite, então, perguntar o óbvio. Procure saber os dados centrais da empresa e planeje perguntas interessantes.

Novamente, é elementary usar bem o tempo que você tem disponível, demonstrar interesse e propor pautas de conversação autênticas. Não é difícil conseguir informações sobre uma marca, afinal.

Uma boa ideia é assistir a entrevistas com este CEO, procurar por premiações alcançadas e dados parecidos a esses. Não fique apenas com o que consta no “quem somos” da empresa. Vá além!

3. Defina a melhor abordagem

O seu encontro/reunião com o CEO provavelmente tem um objetivo específico, não é? Trate, portanto, de definir estratégias para uma conversa autêntica e relevante. É dessa forma que você conseguirá atingir esse objetivo central.

Quando falo de “melhor abordagem”, me refiro às maneiras de se expressar, o que dizer, se usar ou não o humor, que tipo de humor… Essas definições só são possíveis se você tiver feito o passo 1, que é conhecer e se informar sobre o CEO.

Uma abordagem equivocada (como um uso inadequado do humor, por exemplo) prejudica muito a sua imagem e pode trazer consequências praticamente irreversíveis no networking com este profissional.

4. Planeje o seu storytelling

CEOS costumam ser pessoas que desenvolveram muito bem a própria comunicação. Isso significa, então, que eles colocam em prática uma das habilidades centrais da oratória: a escuta ativa.

É difícil que o CEO monopolize a palavra para si. O mais provável é que faça perguntas sobre você e queira ouvir o seu lado da história. O que você dirá, então? Deixar tudo para o improviso não é a melhor ideia…

Para falar sobre si mesmo, priorize o que for interessante para esta conversa específica. Usar a técnica do “mostre, não conte” é uma opção eficaz em situações assim.

5. Ouça atentamente

Esteja disposto a ouvir e a prestar atenção. Além de ser uma oportunidade de aprender, é uma demonstração de inteligência emocional. Como eu disse no tópico anterior, bons comunicadores sabem ouvir.

Não preciso dizer o óbvio: evite checar as notificações do seu celular enquanto conversa com o CEO, por exemplo. Mas preciso, sim, dizer que a escuta atenta e interessada é uma estratégia.

Se você prestar atenção na conversa, poderá definir o melhor caminho para dialogar com este CEO e pensar na sua própria fala. Lembre-se disso!

Conheça nossas soluções!

Quem investe na própria comunicação está preparado para todo tipo de situação de exposição de fala, desde uma apresentação até uma reunião com um CEO.

Para estar em dia com tantas exigências do mercado, aprimore suas habilidades de oratória. Elas serão determinantes em seu futuro pessoal e profissional!

Entre em contato com a minha equipe e nos conte como podemos te ajudar!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *